terça-feira, 17 de março de 2009

PÓS-IMPRESSIONISMO





Para os pós-impressionistas, o impressionismo era superficial e retratava apenas cenas passageiras, sem dar muita importância nem aos sentimentos, nem aos acontecimentos políticos e sociais.

O Comedor de batatas, de Van Gogh.


Pós-Impressionismo é o nome que se dá a diferentes estilos e tendências artísticas cuja origem encontra-se no Impressionismo, tanto como uma reação contrária a ele como também visando um desenvolvimento maior da escola.

Seurat

Outros ainda sentiam-se insatisfeitos e limitados com a técnica impressionista.
A expressão Pós-Impressionismo foi usada para designar a pintura que se desenvolveu de 1886, a partir da última exposição impressionista, até o surgimento do Cubismo, com Pablo Picasso e Georges Braque.

Van Gogh


Entre 1880 e 1890, exploram as possibilidades abertas pelo impressionismo, em direções muito variadas. O naturalismo e a preocupação com os efeitos momentâneos de luz, caros aos impressionistas, estão na base de boa parte das restrições feitas ao movimento.

Van Gogh


Em Seurat e Paul Signac (1863-1935) o rompimento com as linhas mestras do impressionismo verifica-se pelo acento colocado na pesquisa científica da cor, que dá origem ao chamado pontilhismo. Aí, os trabalhos se orientam a partir de um método preciso: trata-se de dividir os tons em seus componentes fundamentais. As inúmeras manchas de cores puras que cobrem a tela são recompostas pelo olhar do observador e, com isso, recupera-se a unidade do tom, longe do uso não sistemático de cores.

Pintura de Seurat


Os movimentos modernistas devem muito ao pós-impressionismo, principalmente pela figura de Paul Cézanne (1839 - 1906) e sua obstinação em alcançar a natureza real atrás das aparências, criar uma arte com vida própria, “concretizar“ suas impressões pessoais e “realizar o motivo”.


Cezanne

Os principais artistas do movimento do pós-impressionismo foram:

CEZANNE – FORMAS SIMPLIFICADAS





SEURAT – PONTILHISMO E MISTURA DE CORES


Esse trabalho logo abaixo foi feito a partir desta "Tarde de Domingo na ilha de Jatte", de Seurat:
Obra original

Abaixo, obra do artista contemporâneo que utilizou-se da obra original para fazer uma apropriação com latinhas - para abrir uma questão ambiental e de reciclagem.


Veja o detalhe da obra bem de pertinho, feito só de latinhas:




GAUGUIN – CORES VIVAS E PAISAGENS E NATIVAS DO TAHITI





VAN GOGH – PINCELADAS CURVAS, FORTES, ESPESSAS E GRANDE CARGA DE EMOÇÃO (VEJA A BIOGRAFIA FEITA ESPECIALMENTE PARA O BLOG, clicando AQUI)




TOULOUSE-LAUTREC – CENAS NOTURNAS E ESTILO GRÁFICO




A forma das pinturas, o tratamento das cores ou a linha podiam ser objetos de discordância com os impressionistas.

Van Gogh


Toulouse-Lautrec


Assista a um trecho do filme "Sede de Viver", filme que retrata a vida de Van Gogh (de 1956):
Aparecendo a cena em que ele estuda as pessoas para fazer "Os comedores de Batata", além de aparições de Pissarro e também de Seurat. Muito legal!


8 comentários:

Tais Luso de Carvalho disse...

Oi, Juli, com tão simpático convite vim te visitar. Estou gostando muito de teu blog, parabéns. Muita matéria para pesquisa e bons amantes da arte.

Vou puxar um link no 'Das Artes'. Como teu blog é de artes vou colocá-lo nos links de 'blogs de arte' OK?

Um beijão
tais luso

adiane disse...

Eu esatou fazendo um trabalho sobre isso!
PEGUEI daqui porque está melhor q a do wikipédia!
PARABÉNS

Design de Interiores 2009 TE disse...

Estou fazendo uma pesquisa para um trabalho da faculdade e fiquei maravilhada com o seu desempenho e carinho . Fico grata por ter pessoas com vc no mundo.

Gizely Virginia Mendes Zaatreh disse...

Sou professora de Artes no Ensino Médio. Seu material sobre Pós Impressionismo vai me ajudar. Muito bom parabéns.

Anônimo disse...

material mais completo sobre pós-impressionismo que eu consegui encontrar, parabéns!

Anônimo disse...

Muito bom a matéria.Ajudou bastante no meu trabalho de eskola.

Alexandre Fontes disse...

Parabéns, ótima postagem! Me ajudou muito com minhas pesquisas, realmente grato!

Anônimo disse...

A técnica (pontilhismo ou divisionismo) de Seurat e de Signat é neo-impressionista, não pós...

LinkWithin

Posts relacionados Posts with Thumbnails