sábado, 15 de agosto de 2009

ABSTRACIONISMO



A arte abstrata tende a suprimir toda a relação entre a realidade e o quadro, entre as linhas e os planos, as cores e a significação que esses elementos podem sugerir ao espírito.
Kandinsky


Quando a significação de um quadro depende essencialmente da cor e da forma, quando o pintor rompe os últimos laços que ligam a sua obra à realidade visível, ela passa a ser abstrata.

Kandinsky

O Abstracionismo apresenta várias fases, desde a mais sensível até a intelectualidade máxima.
Abstracionismo Sensível ou Informal, predominam os sentimentos e emoções. As cores e as formas são criadas livremente. Uma arte abstrata, que coloca na cor e forma a sua expressividade maior.


Kandinsky

Com a forma, a cor e a linha, o artista é livre para expressar seus sentimentos interiores, sem relacioná-los a lembrança do mundo exterior. Estes elementos da composição devem ter uma unidade e harmonia, tal qual uma obra musical.

WASSILY KANDINSKY (1866-1944), pintor russo, antes do abstracionismo participou de vários movimentos artísticos como impressionismo; também atravessou uma curta fase fauve e expressionista. Escreveu livros. Dezenas de suas obras foram confiscadas pelos nazistas e várias delas expostas na mostra de "Arte Degenerada".


Kandinsky

Kandinsky

Abstracionismo Geométrico, as formas e as cores devem ser organizadas de tal maneira que a composição resultante seja apenas a expressão de uma concepção geométrica.

Neoplasticismo, seu criador e principal teórico foi Piet Mondrian. Onde as cores e as formas são organizadas de maneira que a composição resulte apenas na expressão de uma concepção geométrica. Resulta às linhas verticais e horizontais e às cores puras (vermelho, azul e amarelo). O ângulo reto é o símbolo do movimento, sendo rigorosamente aplicado à arquitetura.

PIET MONDRIAN (1872-1944), pintor holandês. Depois de haver participado da arte cubista, continua simplificando suas formas até conseguir um resultado, baseado nas proporções matemáticas ideais, entre as relações formais de um espaço estudado.


Mondrian

O artista utiliza, como elemento de base, uma superfície plana, retangular e as três cores primárias com um pouco de preto e branco. Essas superfícies coloridas são distribuídas e justapostas buscando uma arte pura.


Mondrian

Segundo Mondrian, cada coisa, seja uma casa, seja uma árvore ou uma paisagem, possui uma essência que está por tráz de sua aparência. E as coisas, em sua essência, estão em harmonia no universo. O papel do artista, para ele, seria revelar essa essência oculta e essa harmonia universal.

Ele procura, pesquisa e consegue um equilíbrio perfeito da composição, despojado de todo excesso da cor, da linha ou da forma.


Vestido de 1965, de Yves Saint Laurent, baseado na obra de Mondrian

Fonte: www.historiadaarte.com.br

4 comentários:

Evandro disse...

Confesso q n sou fã de arte abstrata, mas me atriu bastante esses quadro q vc postou, principalmente o primeiro do Kandinsky, e o ultimo do Mondrian q virou vestido...

:]

Anônimo disse...

eu não conhecia bem o abstracionismo
depois que eu vi as pinturas achei muito interessante eu gostei da pintura de Mondrian

Anônimo disse...

A arte abstrata sempre me interessou particularmente, mas confesso que as obras de Kandinsky realmente me impressionaram, sobretudo a 3ª e a 4ª; aquela eu havia visto em preto e branco, em um livro... o colorido é, definitivamente, sublime...!

Anônimo disse...

amei o blog pois me ajudou muito pois estava com duvidas mas depois de conhecer o blog tirei todas .é fascinante adoreei